Boneco de Pano

“Um thriller sombrio de primeira categoria.”

– Emlyn Rees, autor de That Summer He Died

“Uma história assustadora, intricada e impossível de largar. Não consegui parar de ler.”

– Lisa Hall, autora de Tell Me No Lies

VOCÊ ESTÁ NA LISTA DE UM ASSASSINO

E ELA DIZ QUANDO VOCÊ VAI MORRER

O polêmico detetive William Fawkes, conhecido como Wolf, acaba de voltar à ativa depois de meses em tratamento psicológico por conta de uma tentativa de agressão. Quando Emily Baxter, sua amiga e ex-parceira de trabalho, pede a sua ajuda na investigação de um assassinato, ele tem certeza de que está diante de um caso importante. Na cena do crime está um cadáver composto por partes do corpo de seis pessoas, costuradas de forma a imitar um boneco de pano.

Enquanto a polícia tenta identificar as vítimas, a repórter Andrea Hall recebe de uma fonte anônima uma lista com o nome de seis pessoas – e as datas em que o assassino pretende matar cada uma delas para montar o próximo boneco. O último nome na lista é o de Wolf.

Agora, a equipe de policiais precisa lutar contra o tempo para descobrir o que conecta as vítimas antes que o criminoso ataque novamente.

Com protagonistas imperfeitos, carismáticos e únicos, aliados a um ritmo veloz e uma deliciosa pitada de humor negro, Boneco de pano é o que há de mais promissor na literatura policial contemporânea.

Daniel Cole

Daniel Cole

Aos 33 anos, Daniel Cole já trabalhou como paramédico, foi o oficial da Real Sociedade Protetora dos Animais e membro da Guarda Costeira Real, sempre imbuído do desejo de salvar pessoas – ou talvez movido pela culpa de ter matado tantos personagens em seus textos. Boneco de pano é seu primeiro livro, escrito originalmente como piloto para uma série de TV, e, nos primeiros dias após o lançamento no Reino Unido e na Holanda, já foi direto para as principais listas de mais vendidos. Ele vive em Bournemouth, na Inglaterra.